sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Como usar a nota do ENEM para entrar na universidade?


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criada para avaliar o conhecimento dos alunos que se graduam do ensino médio. Tem crescido ao longo do tempo e é essencial para aqueles que querem participar de programas do Governo Federal brasileiro e ter acesso ao ensino superior, bem como avalia-lo.

Quem fez a inscrição do Enem (Veja aqui como se inscrever no Enem 2020) pode usar o resultado geral para se inscrever nos seguintes processos seletivos:
  • Sistema unificado de seleção (Sisu), que oferece aberturas em universidades públicas
  • Universidade para todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo para faculdades privadas
  • Fies, Financiamento Estudantil a taxas baixas.


Em geral, o período de inscrição desses programas fica aberto de um dia a uma semana após a divulgação do resultado do Enem. Nesses casos, o desempenho no Enem também pode ser usado para complementar a nota do Vestibular tradicional brasileiro ou para substituir os exames em cursos de seleção de faculdades particulares. As regras, bem como a pontuação, variam em cada instituição.



Sisu


O sistema unificado de seleção (Sisu) é um programa do Governo Federal que usa a pontuação Enem dos estudantes para classificar candidatos para vagas em universidades públicas sem tomar o Vestibular.

Prouni


O Programa Universidade para todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que concede bolsas de estudo a instituições privadas. O processo de seleção é gratuito e utiliza apenas pontuações da Enem para classificar candidatos para 50% ou 100% de Bolsa de estudos.

Para participar de ProUni, o candidato deve ter tomado Enem no ano imediatamente anterior, obtendo pelo menos 450 pontos em exames objetivos e pontuado mais do que zero no exame de escrita. A prioridade é para aqueles que têm renda mensal inferior a três salários mínimos brasileiros. 
O registro pode ser feito duas vezes por ano no site ProUni.

Fies – Financiamento estudantil


FIES é um programa do Governo Federal projetado para financiar taxas mensais para a faculdade a taxas baixas. Para participar de SIE, o candidato deve ter tomado Enem após 2010, obtendo pelo menos 450 pontos na média geral dos exames, e marcou mais de zero no exame de escrita. Existem requisitos de renda que podem ser alterados a cada período de seleção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário