quarta-feira, 27 de junho de 2018

Tipos de encomenda dos Correios - Principais benefícios do SEDEX e PAC


Cada tipo de encomendas dos Correios tem limitações e regras para ser seguidas. Por conta disso, vale a pena para quem vai fazer uma postagem ficar atento às regras da companhia para não acabar pagando a mais do que achou que iria. Mais do SEDEX e PAC serviços semelhantes limitações de tamanho, a isenção é de SEDEX Hoje e SEDEX 10. As dimensões padrão de SEDEX, e-SEDEX e PAC são:
  • Comprimento (L): from16 cm 105 cm
  • Largura (l): a partir de 11 cm e 105 cm
  • Altura (H): de 2 cm e 105 cm
  • L+W+H: a partir de 0 cm a 200 cm.

Sistema de rastreamento de SEDEX, e-SEDEX e PAC

SEDEX, e-SEDEX e PAC tem uma opção de rastreamento, dependendo da forma como a encomenda foi enviada. Para utilizar este serviço, basta visitar os Correios página web. O site também oferece uma ferramenta que calcula o valor (preço) de SEDEX, e-SEDEX e PAC para produtos inserindo o código postal de origem e de destino e outras informações.


Express e Econômica Internacional Serviços


No Brasil, os Correios não só ofereceu express e dos serviços de economia para o programa nacional de extensão, mas também para as encomendas do Brasil para o exterior.

Express Serviços com Cobertura Internacional


SEDEX Mundi: o internacional de serviço expresso para o envio de mercadorias com data de entrega garantia.

EMS: é o serviço internacional para envio de mercadorias com maior prioridade de tratamento, encaminhamento e entrega.Importa Fácil

Importa Fácil é um logisticsolution oferecido pelos Correios para os importadores Brasileiros que precisam importar mercadorias para uso pessoal ou para comercialização. O serviço prescreve que as mercadorias importadas apresentar um valor total inferior a 3.000.00 USD.

Para os indivíduos: valor aduaneiro superior a USD 500,00.

Para empresas: valor aduaneiro, até o limite estabelecido, sem um mínimo de valor.

Impostos e Monitoramento de Agências


O valor aduaneiro sobre o qual os impostos vão ser cobrados, será a soma do valor das mercadorias, acrescido do custo do transporte, bem como, o seguro para o transporte.

É importante notar, que o ICMS coleção pode acontecer quando o bem chega ao seu destino e que os Correios não tem permissão para executar a nacionalização de mercadorias que necessário algum tipo de controle antes do embarque ou no momento da entrada no país por Brasileiro de monitoramento de órgãos, como ANVISA, INMETRO, IBAMA e outros.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Como emigrar para o Brasil e como usar o serviço de Correios e postagens


Temos escrito vários artigos sobre as opções estrangeiros têm que vir para o Brasil, mas nunca explicou o que o processo para deixar o é. Aprenda neste artigo como legalmente sair do Brasil e não tem que pagar impostos.

Deixando o Brasil não é apenas uma questão de embalagem e de sair. Se você vive aqui há mais de 184 dias, em seguida, você deve pagar o imposto de renda e, depois de deixar o país, você deve comunicar a Receita Federal, como não há outra maneira de descobrir que você não está mais vivendo no Brasil.

Os estrangeiros deve declarar o IRPF?

Os estrangeiros que ficar no Brasil por mais de 184 dias são elegíveis para pagar o imposto de renda, mesmo se eles têm um visto temporário. Este dever varia de acordo com o tipo de visto a estrangeiro detém: estrangeiros com visto temporário e sem contrato de trabalho irá tornar-se elegível para o imposto após 184 de permanência no Brasil; os estrangeiros com visto permanente são elegíveis a partir do momento em que entrar no país.

Os estrangeiros têm de adotar o mesmo procedimento de Brasileiros cidadãos ao declarar seu imposto de renda. A fim de declarar os seus rendimentos, os estrangeiros devem aplicar para um CPF. Para isso, o estrangeiro pode ir a qualquer Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios agência (neste caso, é necessário pagar R $ 5,70 taxa para emitir o cartão), as agências associadas e representações diplomáticas no estrangeiro. No caso de o estrangeiro é um não-residente, o CPF deve ser requerida diretamente na Receita Federal.

Para a emissão de CPF, o estrangeiro deve apresentar e documento de identificação, tais como RNE ou passaporte. Os documentos devem ser traduzidos por um tradutor juramentado. O próximo passo é preencher o formulário disponível na Receita Federal do site e apresentá-lo juntamente com os documentos.

Comunicar licença para a Receita Federal

Estrangeiros portadores de visto permanente e decidiu deixar o Brasil deve comunicar a Receita Federal (Receita Federal do Brasil), a fim de cessar o pagamento do imposto de renda. A fim de comunicar o seu desligamento, os estrangeiros devem:

Apresentar um documento chamado "Declaração de Saída Definitiva do País" (Declaração de Saída Definitiva) relacionadas com o período em que estiveram no Brasil, como residentes e para a esquerda até o último dia do mês de abril do ano subseqüente ao de licença;
Apresentar as anteriores declarações de imposto de renda, se obrigatório e não entregue ainda;
Pagar pendentes de impostos e outras taxas que deveria ter sido paga pelo tempo da licença.