sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Desenhos na humanidade

O desenho é uma das artes mais antigas no mundo, é ligado a grandes nomes da arte e é base para pinturas assim como esculturas.
É um suporte artístico para obras dimensionais, ele é inicialmente o processo de algo, o início e que dá molde para as futuras artes que saíram desse "esboço". Referente ao processo do qual uma superfície é marcada da pressão de algum instrumento que pode desenhar ou demarcar, como lápis, caneta ou pincel, sendo movida para surgirem pontos, linhas e formas planas, que futuramente se tornam desenhos para colorir ou para preencher.

O que é obtido por meio dessas linhas e formas é conhecido como desenho, ou seja, um desenho é uma forma bidimensional que é derivado de um monte de linhas, formas e pontos que um dia serviram como base para o que ficou no final.
Um dos desenhos mais conhecidos e famosos do mundo foi desenvolvido por Leonardo da Vinci, você já deve ter ouvido falar do Homem Vitruviano, uma das artes precursoras na arte da anatomia humana.
O desenho geralmente tem alguma relação pessoal com o seu autor ou desenhista, pois vem de sua bagagem e repertório para adquirir a forma desejada. Geralmente é a imitação da realidade por meio da bidimensionalidade ou até mesmo a tridimensionalidade.

O desenho pode ser o fim ou o começo, depende da arte e do que será feito com ele. Pode ser apenas um esboço para algo que será complementado mais tarde, apenas uma composição de elementos estruturais de uma obra futura.
O desenho é usado como base para muitas construções desenvolvidas por engenheiros, arquitetos e artistas, toda a base é primeiro projetada no papel por meio do tão conhecido esboço.

Depois com alguns toques e também projeções em máquinas e programas de computador, é possível dar outras formas aquilo que se vê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário